domingo, 15 de fevereiro de 2009

Path to Exile tem lugar no T2?


Ok, foi lançado Conflux, e a carta mais citada de todas é, sem dúvidas, Path to Exile. Lógico que Nicol Bolas tem seu valor alto, e Volcanic Fallout "ganha de fadas", mas a carta que tanto faz barulho é a "nova espadas em arados".

Mas o que faz esse tal de Path to Exile (PtE de agora em diante) ser tão badalado?

Simples, ele é uma carta de uma mana que remove de jogo qualquer criatura. Se você pensar com calma, isso é muito difícil de se ver. Cartas de uma mana que removem criaturas costumam ter drawbacks do tipo você não poder escolher a criatura e perder uma junto, ou então tem que destruir a criatura mais fraca da mesa. Algumas vezes a criatura tem que estar em certa situação de jogo, estar te atacando por exemplo.


PtE não tem drawbacks do tipo. Lógico, ela tem um drawback (senão seria uma das melhores cartas do jogo), mas o Drawback dela lembra o de espadas em arados, é um drawback "irrisório".

Não comparando as duas cartas, mas esse drawback não é absurdo. Começa que você pode estar utilizando essa carta em uma Mutavault por exemplo, o que é uma ótima troca (um terreno por outro, só que você tirou o que te ataca). Existem outros "manlands" (terrenos que viram criatura) jogando, e a troca vale muito a pena, em 99% dos casos. Fora isso, existem algumas cartas como Demigod of Revenge, que possui uma recursividade ótima, que pode simplesmente se acabar perante um PtE.

É lógico que se você vai usar 4 removals apenas no seu deck, não vale de muito usar 4 PtE. Eu digo, imagine se o oponente faz uma criatura que lhe compensa remover logo nos primeiros turnos, você não vai querer adiantar um land dele no começo, certo?

Esse é o argumento que faz muitas pessoas dizerem que é ruim. Digo, porque não usar uma remoção que não dê land para o oponente? Existem várias no ambiente, entre elas cito principalmente Condemn, Oblivion Ring e Unmake.

Esse argumento é perfeitamente válido! Porque eu vou querer tirar um Meadowgrain para acelerar um Bode Alado? Limpando o deck do oponente ainda? Affe!

Por outro lado, quando você faz uma Cólera de Deus, é BEM interessante você ter 5 manas para o PtE e um Comando Críptico.

A mensagem que eu quero passar é que PtE não é uma carta óbvia. Você não pode simplesmente jogar várias delas no seu deck e achar que a vitória é inevitável, porque não é assim que funciona! Tem horas que você simplesmente não pode usá-la para não ter coisas piores no próximo turno, mas ao mesmo tempo, quando seu oponente faz uma Oona, PtE é uma das melhores cartas para se ter na mão!

Eu tenho meu set guardado desde já, e tenho certeza que será bom. Existem cada vez mais cartas que abusam do cemitério jogando, os já dito Demigods, criaturas com persist como Kitchen Finks e até mesmo a nova Shambling Remains, que pode figurar a lista do blightning. Um Siege-Gang pode ser útil sem atacar para tomar o condemn, e matá-lo simplesmente pode não funcionar se seu oponente utiliza um Reveillark por exemplo.

Nessas circunstâncias, comecem a pensar se realmente PtE não pode valer a pena. Ele tem desvantagens? Como todas as cartas! Mas ele também tem vantagens, e muitas! Pense bem, se ele fosse "incontestável", todo mundo usaria ele, e magic nunca foi sobre isso, exceto em algumas "correções de absurdos", vide Counterspell x Cancel. A idéia é ter cartas que sejam melhores em determinadas situações, e PtE é pior em alguns casos, mas melhor em outros! Avalie o contexto do seu deck, e veja o que pode rodar melhor, antes de jogar 4 cópias dessa carta num deck em que ela é ineficiente, ou subestimar seu poder e perder jogos por não saber aproveitar a removal mais badalada do novo formato standard!


Deixem seus comentários abaixo!

E prometo tentar atualizar o blog mais vezes, mas é que essa semana aí foi meio complicada...

3 comentários:

  1. Só sei de uma coisa: Vou ter q substituir meus Demigods no R/B... tanta coisa pra remover de jogo que vai ficar difícil jogar com ele

    =/

    ResponderExcluir
  2. Claro q tem lugar no formato!
    Kithkins têm q usar uma remoçaum dessa. Unmake eh coisa do passado! (pena q eu nunca vou ter nenhuma PtE, dado o preço delas).
    Outros decks agressivos tb vaum gostar dela, soh o controle naum s beneficia, por causa d condenar.

    ResponderExcluir
  3. essa carta e animaaaalll!

    e tem lugar no T2!

    e obvio q vc nao vai usar ela num burrenton se vc jogar de kithkins, mas e muito boa!

    ResponderExcluir